Home

Últimas notícias

 

Resultado da oficina de mínimo impacto de rapel no MoNa Pão de Açúcar

No dia 23 de julho foi realizada a Oficina de mínimo impacto de rapel no MoNa Pão de Açúcar, com 44 participantes, entre montanhistas, representantes de empresas de turismo de aventura e representantes da FEMERJ, AGUIPERJ, ACTA, MoNa e UNIRIO.

O evento foi iniciado com apresentações sobre questões técnicas e legais aplicáveis ao MoNa, veja aqui a programação.

Demonstrou-se que, embora seja atualmente proibido no MoNa, o rapel exclusivo comercial poderia ser autorizado no futuro, a depender da conscientização e do comprometimento dos envolvidos quanto às boas práticas e às regras aplicáveis ao local.

Novidades na reforma da Via CEPI

Os trabalhos estão quase finalizados e, nessa última investida, envolveram:

a) colocação de cabo de aço novo em toda extensão da via, com instalação de ancoragens e outros equipamentos de fixação novos (alguns poucos trechos receberão ancoragens adicionais);

Acesso ao Morro dos Cabritos, no Vale dos Frades

Informamos que o Sr. Nelson, proprietário das terras que dão acesso às vias na face norte do Morro dos Cabritos, no Vale dos Frades, solicitou que todos que pretendem escalar naquele setor avisem que estão entrando em sua propriedade.

Programação da Oficina de mínimo impacto de rapel no MoNa Pão de Açúcar

Como já noticiamos antes, no próximo sábado, 23 de julho, será promovida uma oficina com o objetivo de discutir boas práticas e protocolos de mínimo impacto em áreas naturais com relação à atividade de rapel, no intuito de criar diretrizes para a prática comercial do mesmo no Monumento Natural dos Morros do Pão de Açúcar e da Urca.

Reforma na via ferrata do Dedo de Deus em andamento

Estão em andamento os trabalhos de reforma da via ferrata do Dedo de Deus. Os trechos que foram vandalizados em janeiro, com a retirada de aproximadamente 70 metros de cabo, e alguns trechos críticos foram os primeiros a serem trabalhados. Nos trechos críticos, alguns cabos em estado comprometedor foram retirados, enquanto que os trechos vandalizados estão sendo reequipados de acordo com as definições estabelecidas pela comunidade no Encontro sobre Via Ferrata: Cabo de Aços do Dedo de Deus, realizado em 19/03/2016 no auditório do Parque Nacional da Serra dos Órgãos.